A greve dos docentes de universidades e institutos federais chegou ao fim na última semana de junho após mais de dois meses de paralisação. Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (Andes-SN) e o governo assinaram acordo no Ministério de Gestão e Inovação (MGI), em Brasília.

A proposta do governo aceita pelos professores das universidades e institutos federais prevê a reestruturação da carreira, com ganhos de 9% em janeiro de 2025 e 3,5% em maio de 2026. Para os técnicos das universidades e institutos federais, o reajuste ficou em 9% em 2025 e 5% em 2026, além de uma reestruturação de carreira.

Assinaram o acordo o Sindicato Nacional dos docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) e a Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra). (Com agências)

By Imprensa

O Sintrasefe – Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado do Rio de Janeiro – foi fundado em 26 de setembro de 1989. Entidade sindical representativa dos servidores públicos federais da administração direta e indireta no Estado do Rio de Janeiro, o Sintrasefe tem em sua base cerca de 250 mil servidores, dos quais 35 mil estão filiados, distribuídos em cerca de 60 órgãos públicos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *