Entidades de servidores públicos participam nesta quarta-feira (24/3) do Dia de Luta do Funcionalismo. Diversas categorias profissionais, centrais sindicais e as frentes Brasil Popular e Povo sem Medo também mobilizam toda a classe trabalhadora para o Lockdown Nacional – dia de luta em defesa da vida, da vacina, do emprego, dos serviços públicos sem a atual proposta de reforma administrativa e sem privatizações, e do auxílio emergencial de R$ 600 reais para desempregados e informais.

A falta das políticas sanitárias e econômicas obriga a classe trabalhadora a ir para as ruas em busca de dinheiro para sobreviver e, com isso, se aglomerar nos locais de trabalho, no transporte coletivo, nas estações de trem e metrô e nos terminais e pontos de ônibus, ficando expostas à contaminação e morte.

Para os organizadores do dia de mobilização, o Lockdown Nacional é necessário para alertar as autoridades de todos os Poderes do país e os empresários de que algo precisa ser feito urgentemente.

 

Pela internet

 

Devido à pandemia e ao distanciamento social, a maior parte do protesto será feita pela internet. Participe! Compartilhe mensagens com as hashtags #PEC32Nao #ReformaAdministrativaNao #VacinaJa #24deMarço #GreveDosServidores #ServiçoPublicoSOS

By Imprensa

O Sintrasefe – Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado do Rio de Janeiro – foi fundado em 26 de setembro de 1989. Entidade sindical representativa dos servidores públicos federais da administração direta e indireta no Estado do Rio de Janeiro, o Sintrasefe tem em sua base cerca de 250 mil servidores, dos quais 35 mil estão filiados, distribuídos em cerca de 60 órgãos públicos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *